:: Artigos

Inquérito supremo e revolta ministerial: inquisitorialidade na investigação criminal

Por Leonardo Marcondes Machado e Edson Luís Baldan -   O Inquérito 4.781, sob presidência do ministro Alexandre de Moraes, objeto de enorme (e midiático) duelo entre o Supremo Tribunal Federal e a Procuradoria-Geral da República, constitui apenas mais um exemplo concreto do sistema processual penal inquisitório que vigora no país sem grandes óbices há muitos anos, inclusive com…
Leia mais

PODER JUDICIÁRIO NÃO PODE SOFRER NENHUM TIPO DE CENSURA

Por Ibaneis Rocha -   Os mais recentes ataques ao Poder Judiciário não são um fenômeno novo, muito menos estão restritos ao Brasil. Veja-se o que ocorre em países do leste europeu varridos por ventos ultranacionalistas. Na Polônia, mais de uma dezena de leis tiraram a independência do Judiciário e alarmaram a União Europeia. Na Hungria,…
Leia mais

ENTRE STF ACUSADOR E MPF JULGADOR: A CLÁUSULA DA RESERVA DE PLENÁRIO EM XEQUE

Por Pedro Estevam Serrano e Jorge Bheron Rocha -   O STF Acusador e o Inquérito Manu Propria.  O presidente do Supremo Tribunal Federal, o ministro Dias Toffoli, sponte propria instaurou, pela Portaria GP 69, de 14 de março de 2019, o Inquérito 4.781/DF, ancorando-se no artigo 43 do Regimento Interno (RISTF) daquela casa, e teria por objetivo…
Leia mais

CRIMINALIZAR O ASSÉDIO MORAL É UMA MANIFESTAÇÃO DO DIREITO PENAL SIMBÓLICO

Por Matheus Falivene -   O denominado “simbolismo penal” ou “Direito Penal simbólico” consiste na aprovação de legislações penais mais severas, que criminalizam condutas consideradas penalmente lícitas ou que aumentam a pena de crimes já existentes, com a finalidade de atender a uma necessidade político-eleitoral que visa atender a um suposto clamor social, mas que, na…
Leia mais

A JUSTIÇA NÃO PRECISA DE MARKETING OU DE PROPAGANDA

Por Luiz Flávio Borges D'Urso -   O acordo de leniência celebrado com a empresa Rodonorte, concessionária de rodovias, negociado pelos procuradores da “lava jato”, estabelecendo 30% de desconto no valor do pedágio das estradas do Paraná, é uma solução muita boa e de interesse público, merecendo nosso aplauso. Todavia esse acordo suscitou um amplo debate…
Leia mais

INQUÉRITO ABERTO POR TOFFOLI PARA APURAR AMEAÇAS AO STF VIOLA SISTEMA ACUSATÓRIO

Por Marcos Vinicius Manso Lopes Gomes, Maurilio Casas Maia e Rachel Gonçalves Silva -   Em março, em polêmica ainda atualíssima, houve a instauração, ex officio, de um inquérito criminal (4.781) no âmbito do Supremo Tribunal Federal, por iniciativa do presidente da própria corte. O referido inquérito teria o escopo de investigar notícias fraudulentas (fake news), ofensas e ameaças…
Leia mais

A (DES)CARACTERIZAÇÃO DA LAVAGEM DE ATIVOS NO CASO DE RECEBIMENTO OCULTO DA VANTAGEM

Por Pedro Ivo Velloso, Ticiano Figueiredo e Célio Rabelo -   Na hipótese em que o agente público, em razão da função, recebe vantagem indevida utilizando-se de algum expediente de ocultação, há somente corrupção passiva ou também lavagem de ativos? A suprema corte respondeu a essa pergunta no caso mensalão (Ação Penal 470/DF), estabelecendo que, nesse caso, estaria configurada somente…
Leia mais